Para quem chegou agora (ou ainda quer chegar!) no universo do OOH, ele pode parecer um bicho de sete cabeças. São muitos termos desconhecidos e muitas dúvidas sobre como trabalhar os seus anúncios publicitários, mas acredite: ele é mais fácil do que parece!

Para começar a dar os primeiros passos nessa área, aqui estão algumas informações importantes e algumas dicas para ter os melhores resultados possíveis. Vem com a Mobees que a gente te ajuda!

O que é o número de impactos do OOH?

Antigamente, os anúncios publicitários em OOH eram vendidos de acordo com uma estimativa de quantas pessoas passam, em média, por aquela região ao longo do dia. Por isso, para saber quantas pessoas a sua campanha de marketing chegaria, era preciso multiplicar essa estimativa pelo número de dias que o seu criativo estaria exposto ali.

Com a chegada do OOH digital e inteligente, como é o caso das telas da Mobees, isso se tornou um pouco diferente. Você ainda tem essa estimativa na nossa plataforma antes de montar a sua campanha, mas você também recebe em tempo real quantos impactos os seus anúncios publicitários tiveram.

O número de impactos é uma quantidade real de pessoas para as quais o seu criativo foi exposto. No caso das nossas telinhas, elas são preparadas para poderem ser visualizadas com qualidade a até 30m de distância, então os nossos dispositivos conseguem também contabilizar todas as pessoas que estão nesse raio.

Por isso, com o nosso OOH, você consegue trabalhar com dados verídicos para tomar decisões a respeito da sua campanha de marketing.

Visualização é diferente de conversão

Muitos negócios de menor porte têm até um certo receio de começar a investir em OOH porque os números assustam. Eles pensam que se os anúncios publicitários chegarem para milhões de pessoas nas ruas em alguns poucos dias, não vão ser capazes de atender a toda essa clientela e vão acabar decepcionando possíveis clientes.

Frustrar o seu público-alvo é um medo que realmente faz sentido, mas o OOH, assim como qualquer outra forma de publicidade, não funciona 100% assim.

Nós explicamos aqui em um artigo anterior o que é o funil de conversão e como ele funciona, mas vamos resumir: nem todo cliente impactado pelo seu anúncio está pronto para comprar o seu produto.

Muitas vezes, os seus anúncios publicitários em OOH estão chegando para pessoas que não conhecem a sua marca tão bem, que não sabem para que serve o seu produto e que vão precisar de mais informações sobre isso até tomarem a decisão de comprar de fato.

É por isso que é natural que nem todas as visualizações (clientes em potencial) se tornem conversões (clientes reais). Por isso, para garantir vendas, é natural e necessário atingir um contingente maior de pessoas.

A hora e o local certos de veiculação dos anúncios publicitários fazem toda a diferença nos resultados

Imagine que você está voltando para casa depois de um longo dia de trabalho para assistir um jogo importante para a classificação do seu time de futebol na Libertadores. No meio do caminho, você se depara com anúncios publicitários em OOH, avisando que uma determinada marca de cerveja está em promoção durante essa fase final do campeonato.

É claro que, sabendo disso, você se sente ainda mais motivado a passar no supermercado no caminho para casa e garantir uma cerveja gelada para terminar a noite.

Por quê? Porque quando os anúncios publicitários de uma campanha de marketing são posicionados em um momento e local estratégicos, isso aumenta a possibilidade de conversão.

Se esse mesmo OOH tivesse sido exposto na hora do almoço, por exemplo, provavelmente os mesmos trabalhadores teriam sido impactados por ele, mas talvez não tivessem tempo ou não se sentiriam tão motivados a comprar o produto imediatamente. Afinal, não dá pra tomar uma cervejinha no meio do escritório.

A mesma coisa vale para a localização dos anúncios publicitários.

Se você quer falar com pais de crianças pequenas, por exemplo, uma boa ideia é veicular o seu OOH móvel e por geolocalização da Mobees perto de lugares com muitas creches ou escolas. Já se você quer direcionar as pessoas a comprarem em uma loja física, não faz muito sentido anunciar muito longe desse lugar, já que as pessoas terão trabalho para chegar até lá e podem acabar desistindo.

O seu público está on the go e isso muda tudo!

No nosso artigo sobre dicas para acertar nos criativos em OOH nós já falamos sobre isso, mas vale a pena relembrar: quem está andando nas ruas não interage com anúncios publicitários da mesma forma que quem vê uma propaganda na televisão.

Quando a campanha de marketing está circulando nas ruas, o seu público está em movimento. Possivelmente, ele também está prestando atenção a outros estímulos visuais, como outros passantes, um sinal que fica vermelho ou até mesmo ao próprio celular. 

Por isso, para competir com tudo que está acontecendo ao redor pela atenção do seu cliente em potencial, é importante prestar atenção à mensagem que será divulgada no seu OOH. Ele precisa passar uma informação clara, objetiva e de forma rápida, para que possa ser compreendida integralmente em alguns poucos segundos.

Gostou das dicas? Então, para continuar a sua leitura, aproveite também esse artigo sobre a escolha entre atingir um público maior ou focar em um mais restrito.

E se você quiser saber mais sobre como começar a fazer anúncios publicitários nas ruas, a Mobees tem uma plataforma fácil, intuitiva e que possibilita botar a sua campanha de marketing nas ruas rapidamente e a um custo acessível. Vem saber mais sobre o nosso OOH móvel, programático e por geolocalização!