Aqui vão duas verdades sobre o mundo da publicidade de rua: a primeira é que qualquer criativo que precise atingir quem está on the go, ou seja, se deslocando, tem que ser objetivo e atraente. A segunda é que os anúncios publicitários curtinhos, necessários para dar a objetividade, são ainda mais difíceis de criar!

Então, surge a pergunta: como garantir um texto para OOH que seja direto ao ponto, mas ainda tenha algo de instigante, para chamar a atenção do público? No artigo de hoje, você conhece quatro dicas de ouro para seguir nos seus anúncios publicitários. Vem com a gente!

1. Solte a criatividade em uma chamada interessante

Sabe aquela história de que a primeira impressão é a que fica? Quando estamos falando de criar anúncios publicitários em OOH para um público que está em movimento, para a casa ou para o trabalho, essa frase se torna uma verdade.

Por isso, o primeiro passo é entender como você pode criar uma primeira frase para o seu anúncio que funcione como um título e seja cativante, seja pela proposta feita ou por atiçar a curiosidade de quem lê. É claro que não vale fazer propaganda enganosa, portanto, vale fazer um esforço para entender qual é a melhor forma de vender o peixe da sua campanha de marketing sem prometer além da conta.

2. Dê um bom motivo para a audiência prestar a atenção

Imagine que você vê a imagem de um hambúrguer maravilhoso em anúncios publicitários de uma lanchonete do seu bairro. Aquela imagem ficou na sua cabeça e você já se convenceu de que vai ter que degustar essa iguaria no fim de semana, quando for sair para encontrar com os amigos. Chegou o fim de semana, você foi até a lanchonete, pediu o hambúrguer tão desejado e… era horrível! 

Sejamos sinceros: não tem nada pior do que se sentir frustrado, não é mesmo?

Pois é, é isso que acontece no seu OOH quando você cria uma chamada super instigante e, depois, a continuação do anúncio não tem algo que dê um bom motivo para o leitor se prender a ele. É preciso oferecer um "reason to believe", uma expressão do marketing que, traduzida, significa "uma razão para acreditar" na sua proposta.

Mas aqui vai o pulo do gato: a sua razão para acreditar deve ser boa aos olhos do seu público-alvo, não da sua marca.

Por isso, pense sempre na mensagem que se quer passar, antes de começar a escrever o texto. Pense em qual é a oferta que você tem a fazer na sua campanha de marketing, que pode ser para conhecer um produto novo, ficar por dentro de promoções ou garantir descontos em produtos específicos, por exemplo. O mais importante é garantir que a sua audiência veja valor no que você tem a entregar

3. Não se esqueça do call-to-action

Call-to-action é uma expressão da publicidade que se traduziria como uma chamada para ação. Ou seja, é preciso dizer à sua audiência qual é o próximo passo esperado dela, qual é a ação que ela deve tomar em seguida, depois de ter lido o seu OOH.

É claro que a ação esperada irá variar conforme a sua campanha de marketing. Alguns exemplos comuns são se dirigir a uma loja, saber mais sobre um produto no seu site, acessar as suas redes sociais, acessar alguma página através de um QR Code, entre outras possibilidades.

Para o call-to-action, geralmente é preciso usar verbos no imperativo para encerrar o seu anúncio. Isso significa adotar expressões como "descubra em", "encontre a loja", "garanta o seu", "compre já" e outras semelhantes.

4. Sempre, sempre, sempre use a voz da sua marca

Você, melhor do que ninguém, sabe os motivos pelos quais os consumidores deveriam escolher a sua empresa e não qualquer outra. Você também sabe quais são as características e os valores que diferem a sua marca da concorrência. Essas características precisam fazer parte da maneira como a sua marca se comunica com o público-alvo.

Para isso, o ideal é construir um guia de Voz da Marca, que é um documento onde ficam registradas todas as principais expressões usadas pela sua empresa. Geralmente, nele também é possível encontrar os DOs e DON'Ts de comunicação da sua marca e quais são as estratégias usadas na sua linguagem para garantir que você faça os valores da sua companhia transparecerem também no discurso adotado.

Esse documento deve ser usado como guia para a escrita de todos os anúncios publicitários (inclusive os de OOH) e qualquer peça de comunicação, interna ou externa, da sua empresa. 

Por quê? Porque esta é uma maneira de construir como a sua marca quer ser percebida no mercado, além de garantir uma unidade na comunicação que faz com que, sempre que novas comunicações da sua empresa ganhem as ruas, a audiência perceba de imediato que são anúncios publicitários feitos por você. Ou seja, isso gera identificação junto ao consumidor.

Preparados para começar a criar anúncios publicitários impossíveis de serem ignorados? Então, junte as dicas que nós demos no artigo de hoje com a inteligência do OOH móvel, digital e por geolocalização da Mobees! As nossas telinhas rodam a cidade levando a sua marca com a gente. Vem saber mais sobre como lançar os seus anúncios publicitários para o público certo na nossa plataforma!